CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

HANDEBOL - JOGOS DESPORTIVOS

ARGENTINA DERROTA O BRASIL E É OURO NO MASCULINO

SÃO BERNARDO DO CAMPO – SP ( LCS ) – Rivalidade. Foi nesse clima que a Argentina venceu o Brasil por 20 a 18 (08-07) e ficou com a medalha de ouro do torneio de Handebol Masculino dos Jogos Desportivos Sul-Americanos. A partida final, disputada na noite desta sexta-feira (09), aconteceu no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo (SP). Hélio Lisboa Justino, o Helinho, do Brasil, e Andrés Kogosek, da Argentina, foram os artilheiros da final, ambos com sete gols. “Eles jogaram melhor e mereceram ganhar. São times muito iguais e, historicamente, o Brasil tem mais vitórias que a Argentina, mas coincidentemente eles venceram os últimos quatro jogos, sempre por um placar muito equilibrado”, analisou o técnico da Seleção Brasileira, Alberto Rigolo. O treinador comentou a rivalidade entre as duas equipes. “Muitas vezes queremos ganhar na marra, na força, e isso atrapalha. Temos que ganhar taticamente e é meu trabalho arrumar a equipe nesse sentido. Eles mereceram, mas foi uma derrota toda nossa.” Na fase de classificação, a Argentina já havia vencido o Brasil por 22 a 18. O técnico argentino, Maurício Torres, comentou a vitória na decisão. “As duas equipes jogaram o máximo, mas uma tinha que ganhar. Acho que foi um belo jogo, uma festa do handebol.” Andrés Kogosek, da Argentina, foi o artilheiro do torneio, com 26 gols. O também argentino Federico Besasso foi o segundo maior goleador, com 22. Winglitton Rocha Barros, o China, do Brasil, ficou em terceiro, com 21. O ponta José Ronaldo do Nascimento, o SB, comentou a derrota. “Faltou tranqüilidade na hora de finalizar. Perdemos muitos gols cara a cara. É chato perder em casa para a Argentina, mas faz parte do esporte”. Helinho, concorda. “Além da falta de paciência no ataque, a defesa jogou muito aberta e facilitou para os argentinos”. Para o goleiro Alexandre Vasconcelos, o Alê, o lado psicológico também pesou. “São duas equipes parelhas, mas no final faltou equilíbrio emocional para o Brasil.” A Seleção Brasileira entrou em quadra com Marcos (Marcão), Jaqson, José Ronaldo (SB), Hélio (Helinho), Winglitton (China), Daniel (Baldacin) e Eduardo (Mineiro), além de Alexandre (Alê), Éderson (Cão), Sidney, Jair, Renato (Tupan) e Adalberto (Adalba). Maik, Claudiomiro (Mão) e Folhas não participaram da decisão, mas estavam presentes no grupo que conquistou a medalha de prata. Argentina, Brasil e Uruguai, respectivamente os três primeiros colocados dos Jogos Desportivos Sul-Americanos, já estão classificados para o Pan-Americano, que será disputado em agosto de 2003, na cidade de Santo Domingo, na República Dominicana. Já o campeão do Pan-Americano estará nos Jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia, em 2004. CLASSIFICAÇÃO FINAL Medalha de Ouro – Argentina Medalha de Prata – Brasil Medalha de Bronze – Uruguai Quarto lugar – Chile Quinto lugar – Paraguai A CAMPANHA DO CAMPEÃO Primeira fase Argentina 28 x 10 Chile Paraguai 11 x 39 Argentina Brasil 18 x 22 Argentina Argentina 30 x 16 Uruguai Decisão: Brasil 18 x 20 Argentina Tabela dos Jogos Desportivos Sul-Americanos Sábado – 03/08 18h30 – Uruguai 27 x 28 Paraguai 20h30 – Argentina 28 x 10 Chile Domingo – 04/08 18h15 – Brasil 32 x 09 Uruguai 20h15 – Paraguai 23 x 26 Chile Segunda-feira – 05/08 17h30 – Brasil 33 x 15 Chile 19h30 – Paraguai 11 x 39 Argentina Terça-feira – 06/08 15h30 – Chile 17 x 19 Uruguai 19h30 – Brasil 18 x 22 Argentina Quarta-feira – 07/08 15h30 – Argentina 30 x 16 Uruguai 17h30 – Brasil 37 x 10 Paraguai Hoje – 09/08 18h00 – Uruguai 24 x 17 Chile (Decisão da medalha de bronze) 20h00 – Brasil 18 x 20 Argentina (Decisão da medalha de ouro – transmissão BandSports) Reportagem: Ricardo Zanei Fotos do evento estão disponíveis no site www.cob.org.br/imagens

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links