CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

POR CINCO GOLS

BRASIL VENCE A ARGENTINA E GARANTE O TÍTULO INÉDITO DO PAN-AMERICANO

ARACAJU – SE (LCS) – O Brasil conquistou neste sábado (10) o título inédito do Campeonato Pan-Americano de Handebol Adulto Masculino. A equipe terminou a competição, disputada no Ginásio Constâncio Vieira, em Aracaju (SE), de forma invicta, e ainda por cima carimbou o passaporte para o Mundial da Alemanha, em 2007. O resultado sobre a rival Argentina foi de 28 a 23 (11 a 12 no primeiro tempo). A Groenlândia lutou, conseguiu o bronze da competição e a terceira vaga para o Mundial. A equipe venceu os Estados Unidos, por 30 a 29 (14 a 13).

Tupan fez o primeiro pelo lado brasileiro. A equipe começou o jogo com boas movimentações. Em um confronto bastante duro e tenso, a Argentina passou dois gols à frente e administrou a vantagem durante muito tempo. A recuperação veio pelas pontas. Aos 18 minutos, Borges fez dois gols e deu a vantagem ao Brasil. Algumas precipitações no contra-ataque fizeram com que o adversário conseguisse a vantagem novamente e terminasse o primeiro tempo com a vitória.

Mais uma vez, Tupan tirou a diferença argentina no segundo tempo. A vantagem fez o Brasil gostar mais do jogo e impor seu ritmo, mas a Argentina correu atrás e levou a partida ao empate novamente. Com velocidade, os brasileiros voltaram à liderança e abriram seis gols, a maior vantagem até o momento. Daí para a frente, a equipe só administrou o resultado e conseguiu a conquista inédita.

Para o técnico Jordi Ribera, esta foi a recompensa por um longo trabalho. “Tenho que agradecer em primeiro lugar aos clubes que permitem que os jogadores venham para a Seleção bem preparados. Este título foi um prêmio pelo nosso trabalho. Espero manter esse ritmo e seguir em busca dos nossos objetivos”, comemorou o treinador espanhol que assumiu a equipe em setembro do ano passado.

O sergipano Helinho afirma que esse título tem um gostinho a mais para ele. “Era o único título que faltava na minha carreira. Já participei da conquista de muitos outros títulos, mas nunca havíamos ganho um Pan-Americano”, disse o jogador que é um dos mais experientes da equipe. “Além disso, estou aqui na minha terra, que foi onde eu comecei. Estou muito feliz”, completou.

Um dos grandes nomes da competição foi o ponta Felipe Borges. O atleta de apenas 21 anos chegou recentemente à Seleção Adulta e se sente muito feliz com a oportunidade. “É muito bom estar na Seleção Adulta e conquistar este Pan. Nós estávamos precisando deste título. Espero continuar trabalhando e seguir forte nos treinamentos para o Mundial, se eu for convocado, e também para o Pan do Rio.”

A Groenlândia entrou com força em quadra e não deixou os Estados Unidos crescerem no início do jogo. Depois da metade do primeiro tempo, a equipe americana ganhou fôlego e chegou a encostar no marcador com apenas um gol de diferença. O segundo tempo foi repleto de emoção. Com o apoio da torcida brasileira, a Groenlândia teve trabalho, mas conseguiu barrar os ataques americanos e vencer, com apenas um gol de diferença.

Brasil: Alê, Zeba (1), Tupan (8), Helinho (7), Júnior (4), Bruno Santana e Jardel, além de Maik, Folhas, Menta (3), Sidney, Léo (1), Sílvio e Borges (4). Argentina: German, Ezequiel, Leonardo (3), Bruno (8), Facundo (3), Federico (4) e Gonzalo Carou, além de Sérgio, Gonzalo Alonso, Emiliano, Matias (1), Juan (3), Alejo (1), Marcelo, Fernando e Damián.

Groenlândia: Illanguaq, Hans (10), Jakob (7), Angutimmarik (5), Andréas (2), Aqqalm (1) e Peter (1), além de Rasmus (2), Ulrik, Eqalunnguaq, Jonas, Minik (1), Niels, Anders, Ole, e Fohannes (1). Estados Unidos: Danny, Troy (6), Gil (2), Jeff, Gary (9), Divine (4) e Muris (1), além de Tom (5), Milan, Patrick (1), John, David, Hinson (1) e Ryan.

As Seleções Brasileiras de Handebol têm o patrocínio da Petrobras e contam com o fornecimento de material esportivo da Penalty.

Cobertura: Malú Souza e Ana Andrade

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol