CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Em Chapecó

Diferentes gerações de goleiros se encontram na Liga Nacional de Handebol

SANTO ANDRÉ / SP (LCS) - Esta q uinta-feira é dia de rodada cheia na Liga Nacional de Handebol. Serão disputados sete jogos, sendo três no feminino e quatro no masculino. Destaque para a partida entre Unoesc / Orbenk / Chapecó e Metodista / São Bernardo, que acontecerá às 21h, no Ginásio do SESC, em Chapecó (SC), e será marcada por um encontro de gerações de goleiros do handebol brasileiro. O confronto terá transmissão ao vivo da ESPN Internacional.

 

No gol da Unoesc / Orbenk / Chapecó está o experiente goleiro Osvaldo Inocente Filho, mais conhecido como Jabá, com 44 anos, duas Olimpíadas no currículo (Barcelona 1992 e Atlanta 96) e voltou a disputar a Liga Nacional após ficar 13 anos longe das quadras.

 

“Desde que eu parei, não teve um dia em que não pensasse em handebol. Esse esporte é a minha vida. Até hoje não sei porque eu parei de jogar esses anos, mas sei que estou muito feliz em voltar a fazer o que eu mais gosto”, disse o goleiro que durante esses 13 anos esteve no Espirito Santo, administrando sua pousada em Itaúna.

 

Jabá defendeu a Seleção Brasileira de 86 a 96. “O handebol brasileiro deu um salto de qualidade, especialmente os goleiros. Essa nova geração tem um potencial enorme, estamos muito bem servidos nessa posição e estou muito otimista com o futuro”, comentou.

 

Do lado da Metodista / São Bernardo está o jovem João Victor Feliciano, de 19 anos, que foi um dos principais destaques da Seleção Brasileira no Mundial Júnior, disputado em agosto, no Egito. “Fiquei muito feliz com o retorno do Jabá, pois ele é uma referência para todos os goleiros do Brasil. Sempre me falaram muito bem dele e agora vou ter a oportunidade de enfrentá-lo e vê-lo jogando”, comentou.

 

João espera seguir o mesmo caminho do adversário. “Ele é um exemplo para todos nós, com uma carreira vitoriosa e espero seguir o mesmo caminho. Além disso, quero chegar aos 44 anos com a mesma condição e disposição para jogar handebol”, brincou o jovem goleiro.

 

Quanto ao jogo de amanhã os goleiros estão cheios de expectativas. “O time de Chapecó é forte, vem de uma vitória importante diante de Blumenau e temos que ter muita atenção. Não podemos errar muitos fundamentos, principalmente o passe, pois isso será essencial para sairmos com a vitória”, disse João.

 

“Sabemos das dificuldades, mas estamos muito focados e motivados para essa partida. Fizemos jogos equilibrados com as equipes favoritas ao título da competição, esperamos ginásio cheio e o clima está favorável para um grande espetáculo”, finalizou Jabá.

 

Nos outros jogos da Liga Masculina, o E.C. Pinheiros recebe a Unimed / Maringá às 18h, no Ginásio do Pinheiros, em São Paulo para tentar manter a liderança da competição. O Interativo / Iate Clube São Carlos enfrenta a Unopar / FEL / Sercomtel, às 20h, no Ginásio Milton Olaio Filho, no interior paulista. E, também às 20h, jogam FAE / Blumenau / FMD e USCS / São Caetano, na Arena Multiuso de Brusque, em Santa Catarina.

 

Os jogos da Liga Feminina começam mais cedo. Às 17h, se enfrentam Praia  Tênis Clube e Blumenau / FURB, no Centro de Treinamento Jaime Navarro de Carvalho, em Vitória, no Espírito Santo. Depois, em Caxias do Sul, a Luna ALG / Ordena / UCS joga contra a A.A. UNC / Concórdia, às 19h30, no Ginásio Poliesportivo da UCS. E, a líder isolada Metodista / São Bernardo recebe o Aceu / Univali / Amaj, de Itajaí, às 20h, no Ginásio Vitório Zanon (Baetão), no ABC Paulista.   

 

Mais informações no site www.ligahand.com.br

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol