CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Pela oitava vez, Brasil levanta a taça do Campeonato Pan-Americano Feminino

Seleção venceu a Argentina na final por 38 a 15, neste sábado (8), na República Dominicana

Seleção Brasileira comemora título

Santo Domingo (DOM) - A Seleção Feminina de Handebol levantou a taça do Campeonato Pan-Americano, que foi disputado no Pavilhão do Handebol, em Santo Domingo, na República Dominicana. A equipe do técnico dinamarquês Morten Soubak venceu a Argentina na final, por 38 a 15 (19 a 8 no primeiro tempo), neste sábado (8). Além de ter conquistado o troféu pela oitava vez, o grupo ganhou o direito de participar do Campeonato Mundial, que será realizado em dezembro, na Sérvia.

O Brasil começou bem na partida e abriu o placar com a ponta esquerda Fernanda. A equipe esteve muito concentrada na primeira etapa e, mesmo com alguns erros de passes, não deixou as argentinas encostarem. A goleira Bárbara Arenhart foi uma das peças fundamentais para a vantagem brasileira. A etapa inicial foi fechada com uma diferença brasileira de 11 gols: 19 a 8. Na volta à quadra, o time conseguiu manter o bom ritmo e não se perdeu no jogo. O técnico fez algumas mudanças na defesa, que contou com a boa atuação da goleira Mayssa Pessoa, e ainda assim o bom ritmo continuou. A equipe apostou bastante nos contra-ataques, uma das armas brasileiras. 

Após essa ótima apresentação, Morten afirmou que, além de estar feliz pelo título, ficou bastante satisfeito com o placar e com o desempenho de todas. "Essa foi a nossa melhor partida na competição. Foi um jogo de verdade. A equipe toda estava muito bem e não perdemos a concentração. Agora, é se preparar para o Campeonato Mundial", disse o dinamarquês, já pensando no próximo compromisso.

Um dos destaques brasileiros na final, a goleira Bárbara Arenhart, a Babi, conta que a defesa entrou preparada para se apresentar bem, sem perder o foco. "Nós sabíamos que a chave do jogo seriam as boas defesas, para que conseguíssemos contra-atacar. Esse é um dos nossos pontos fortes e funcionou muito bem hoje. Fomos em busca de um placar com uma boa diferença de gols e conseguimos", disse a atleta, natural de Novo Hamburgo (RS).

Pela primeira vez disputando uma final pela equipe adulta, a armadora esquerda Amanda Andrade comemorou bastante, dizendo que é uma felicidade enorme poder conquistar esse título. "Hoje entramos muito concentradas, por sabermos que seria uma partida bastante difícil, e conseguimos cumprir o nosso papel. Não consigo descrever o quanto estou feliz", ressaltou a atleta do AA Universitária/Concórdia (SC).

No time das estrelas do Pan-Americano, o Brasil brilhou mais uma vez. Alexandra Nascimento foi a melhor atleta do campeonato, Ana Paula Rodrigues a melhor armadora central, Mayssa Pessoa a melhor goleira e Fernanda França a artilheira da competição, com 55 gols marcados.

Ainda neste sábado (8), na decisão da medalha de bronze, a República Dominicana venceu o Paraguai por 28 a 19. O Uruguai foi o quinto colocado, após passar pelo México por 29 a 24. Na disputa do sétimo lugar, a Venezuela levou a melhor sobre os Estados Unidos por 36 a 29.

Retrospecto - A Seleção Brasileira Feminina de Handebol venceu todas as partidas que disputou neste ano. Na República Dominicana, subiu ao lugar mais alto do pódio com uma ótima campanha:  44 a 10 contra os Estados Unidos, 59 a 7 contra a Costa Rica, 48 a 18 contra o México, 37 a 22 contra a República Dominicana, todas pela primeira fase, 47 a 17 contra o Paraguai, na semifinal, e 38 a 15 contra a Argentina, na final de hoje. No mês passado, em Cabo Frio (RJ) e em Vitória (ES), passou pela Áustria em dois amistosos. Em março, na Argentina, foi campeã também de forma invicta do Campeonato Sul-Americano.

Gols do Brasil: Alexandra (9), Fernanda (5), Amanda (4), Samira (4), Ana Paula (3), Deonise (3), Jéssica (3), Débora Feitoza (2), Debora Hannah (2), Daniela (1), Fabiana (1) e Franciele (1).

Seleção Feminina de Handebol

Goleiras - Bárbara Elisabeth Arenhardt (Hypo Nö-Áustria) e Mayssa Raquel Pessoa (HK Dínamo Volgograd-Rússia).

Pontas - Alexandra Priscila do Nascimento (Hypo Nö-Áustria), Fernanda França da Silva (Hypo Nö-Áustria), Jéssica da Silva Quintino (EC Pinheiros-SP) e Samira Pereira da Silva Rocha (Zvezda Zvenigorod-Rússia).

Armadoras - Amanda Claudino de Andrade (AA Universitária/Concórdia-SC), Deonise Fachinello Cavaleiro (Hypo Nö-Áustria), Juliana Malta Varela de Araújo (Metodista/São Bernardo-SP) e Patrícia Batista da Silva (Toulon-França).

Centrais - Ana Paula Rodrigues Belo (Hypo Nö-Áustria), Deborah Hannah Pontes Nunes (Metodista/São Bernardo-SP) e Francielle Gomes da Rocha (ACD/Estrela de Guarulhos-SP).

Pivôs - Daniela de Oliveira Piedade (Rokometni Klub Krim-Eslovênia), Débora Rodrigues Feitoza (Metodista/São Bernardo-SP) e Fabiana Carvalho Diniz (Hypo Nö-Áustria). 

Comissão técnica
Técnico: Morten Soubak
Assistente: Alex Aprile
Fisioterapeuta: Marina Gonçalves Calister
Nutricionista: Júlia do Valle Bargieri
Psicóloga: Alessandra dos Santos Dutra
Supervisora: Rita Orsi
Diretor de Seleções: Vitor Martinez

Programação
Horário de Brasília
* Os horários poderão sofrer alterações

Sábado (1º)
México 36 x 16 Costa Rica
Argentina 37 x 14 Canadá
Brasil 44 x 10 Estados Unidos
Venezuela 30 x 35 Paraguai

Domingo (2)
Canadá 25 x 31 Uruguai
Estados Unidos 11 x 27 República Dominicana 
Paraguai 10 x 32 Argentina
Brasil 59 x 7 Costa Rica

Segunda-feira (3)
Canadá 23 x 28 Paraguai
Uruguai 36 x 34 Venezuela
República Dominicana 27 x 26 México
Estados Unidos 30 x 13 Costa Rica

Terça-feira (4)
Paraguai 24 x 23 Uruguai 
Venezuela 20 x 38 Argentina 
Costa Rica 15 x 39 República Dominicana 
Brasil 48 x 18 México

Quarta-feira (5)
Venezuela 31 x 27 Canadá 
México 30 x 23 Estados Unidos
Brasil 37 x 22 República Dominicana 
Argentina 29 x 19 Uruguai

Sexta-feira (7)
Costa Rica 13 x 34 Canadá
México 32 x 25 Venezuela
Uruguai 30 x 17 Estados Unidos
Brasil 47 x 17 Paraguai
Argentina 27 x 17 República Dominicana

Sábado (8)
Venezuela 36 x 29 Estados Unidos 
México 24 x 29 Uruguai 
Paraguai 19 x 28 República Dominicana 
Brasil 38 x 15 Argentina
 

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol