CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Taubaté (SP) é campeão da Liga Nacional Masculina 2013

Medalha de prata ficou com a Metodista (SP), e bronze com o Esporte Clube Pinheiros (SP)

Equipe de Taubaté comemora

Anápolis (GO) - TCC/Unitau/Fecomerciarios/Tarumã/Taubaté (SP) é o novo campeão da Liga Nacional Masculina de Handebol. A equipe do interior Paulista conquistou a medalha de ouro na noite desta sexta-feira (20) ao vencer a Metodista/São Bernardo/Besni (SP) de virada por 27 a 26 (14 a 15 no primeiro tempo) no Ginásio Internacional Newton de Faria, em Anápolis (GO). A prata foi para o Esporte Clube Pinheiros, que, mais cedo, derrotou o Unimed/UEM/Maringá (PR) por 32 a 22. A final da competição foi inédita e reeditou a decisão do Paulista deste ano, que, no entanto, teve vitória da Metodista (SP). O melhor resultado de Taubaté na Liga até hoje havia sido o terceiro lugar.

A partida foi eletrizante, principalmente no segundo tempo. Na primeira parcial, a equipe de São Bernardo foi superior e chegou a abrir 11 a 6. Mais nervoso em quadra, Taubaté (SP) errou muitas finalizações e a defesa não funcionou bem, permitindo que os adversários furassem o bloqueio, arriscando arremessos na linha dos sete metros. Nos últimos minutos, a equipe do interior Paulista reagiu e encostou no placar, saindo para o intervalo apenas um gols atrás.

No segundo tempo, Taubaté voltou mais confiante e o duelo foi equilibrado até o fim. A Metodista construía contra-ataques de qualidade e obrigava a defesa adversária a trabalhar mais. O central André Silva, do Taubaté (SP), foi expulso por falta dura e o time precisou correr atrás do prejuízo. Com os dois goleiros fazendo defesas importantes, Michael por Taubaté (SP) e Roney pela Metodista (SP), a bola demorava mais para entrar. Quando saíam os gols, era um para cada lado, e as equipes se alterando à frente no placar. Há cinco segundos do apito final, o marcador apontava 26 a 26. Com o cronômetro praticamente zerado, o ponta direita Vanini fez o gol do título para Taubaté (SP) em um arremesso de sete metros.

Campeão, Taubaté (SP) també recebeu duas premiações: o central André Silva foi escolhido o melhor jogador da Liga Nacional, e Maik o melhor goleiro. "É uma emoção muito grande. Já passei por quatro equipes na minha carreira em todas fui campeão da Liga. Tivemos muita raça. Sabíamos que seria difícil, mas desde o começo tínhamos o brilho de campeão no olhar. Essa final será inesquecível", comemorou Maik. O atleta, que não estava em seu melhor dia e foi substituído logo no início, elogiou seu companheiro de gol. "Parabenizo o Michael, que fez uma excelente partida, mostrando que o time não pode depender somente de um goleiro. Também agradeço ao grupo todo, que se doou do início ao fim, principalmente ao Thiago (central), que jogou machucado e nos ajudou muito."

Técnico da equipe de ouro, Marcus Tata também comemorou muito. "Só tenho a agradecer a Deus, a minha família, ao governo municipal de Taubaté e a todos que acreditaram neste título. A cidade nos abraçou como filhos. Tínhamos um grupo bom e lapidamos até ficar com um grupo melhor ainda, muito forte. Foi um ano magnífico." Treinador da Metodista (SP), José Ronaldo do Nascimento, o SB, destacou o equilíbrio do jogo. "Fico triste pelo resultado, claro. Parabenizo às duas equipes por terem brigado até o fim."

Liga Nacional Masculina de Handebol

1º - TCC/Unitau/Fecomerciarios/Tarumã/Taubaté (SP)
2º - Metodista/São Bernardo/Besni (SP)
3º - Esporte Clube Pinheiros (SP) 
4º - Unimed/UEM/Maringá (PR)

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol