CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Brasil vence Tunísia e conquista o título do II Torneio Quatro Nações

Seleção Masculina encarou adversário qualificado e conseguiu a vitória em grande segundo tempo

Brasil conquistou o título do torneio

João Pessoa (PB) - A Seleção Masculina de Handebol venceu a Tunísia por 31 a 28 (16 a 16 no primeiro tempo) e faturou o II Torneio Quatro Nações. Depois de primeiro tempo complicado, o Brasil foi impulsionado pela torcida que encheu o Ginásio Poliesportivo Ronaldo Cunha Lima, o Ronaldão, em João Pessoa (PB), e fez uma segunda etapa muito boa para bater a forte equipe tunisiana.

A Tunísia começou o primeiro tempo com a defesa concisa e dificultou as ações do Brasil. Mesmo com o goleiro César ‘Bombom’ fazendo boas defesas, os africanos conseguiram aproveitar as chances que tiveram e ficaram boa parte do período na frente do Brasil. Do outro lado, quem estava inspirado era o goleiro Maggaiz Marouen, que parou diversos ataques brasileiros. Para furar o bloqueio tunisiano, o técnico Jordi Ribera colocou dois pivôs em quadra tentando segurar a defesa adversária. Com a mudança tática, o Brasil conseguiu igualar o marcador, fechando o primeiro tempo em 16 a 16.

Na segunda etapa, a Seleção entrou mais ligada e achou como vazar o goleiro tunisiano. Com a defesa mais fechada, o Brasil criou mais contra-ataques e tomou conta do jogo. Mesmo assim, a Tunísia continuou incomodando a Seleção com os seus bons finalizadores. O ponto chave do período, porém, foi quando o goleiro Maik Santos defendeu dois sete metros seguidos e incendiou a equipe e o Ginásio. Com o caldeirão à favor da equipe da casa, o Brasil não deixou escapar a vitória e conquistou o título do II Torneio Quatro Nações.

Para o técnico do Brasil, o segundo tempo foi a chave para ganhar o jogo. "Foi uma partida muito tática. Eles dificultaram nossa defesa no primeiro tempo, mas conseguimos ajustar no intervalo. Com o time melhor postado, jogamos com mais tranquilidade e levamos o título. Parabéns aos jogadores que conseguiram se acertar em quadra. Esse era o tipo de jogo que queríamos para treinar a equipe para as próximas competições", disse.

Já para o armador esquerdo Thiagus Petrus, o time mostrou amadurecimento. "Foi um jogo difícil. Eles exploraram os nossos erros e foram bem no primeiro tempo. Depois do intervalo voltamos com a defesa baixa para igualar na parte tática. Eles vieram para surpreender e levar o título, mas mostramos amadurecimento e não nos desesperamos quando estávamos atrás e nem nos empolgamos quando abrimos um pouco", analisou.

Treinador da Tunísia, Sghir Mohamed Ali, achou o jogo muito parelho. "Foi um grande duelo. Assistimos um handebol físico e tático. O Brasil jogou bem na defesa e não conseguimos achar os espaços para infiltrar. A arbitragem também não nos agradou. Eles foram muito duros com nós e leves com os brasileiros", declarou.

Destaques - Após a partida, três atletas foram premiados como destaques do torneio amistoso. O goleiro brasileiro Maik Santos, que fez a diferença na final contra a Tunísia, foi eleito o melhor da posição.

"Fiquei muito feliz. Não esperava ser o melhor goleiro. O César ‘Bombom’ e o Rangel Rosa também fizeram grande campeonato. Mas esse prêmio eu ganhei com a ajuda de todos os outros jogadores", agradeceu Maik.

O prêmio de artilheiro do campeonato ficou com o armador direito cubano Ángel Hernández, com 21 gols, e prêmio de melhor jogador com o armador direito tunisiano Amri Nidhal.

Programação

Quarta-feira (10/06)
Chile 18 x 25 Tunísia
Brasil 43 x 32 Cuba

Quinta-feira (11/06)
Tunísia 34 x 33 Cuba
Brasil 34 x 21 Chile

Sábado (13/06)
Cuba 30 x 29 Chile
Brasil 31 x 28 Tunísia

Seleção Masculina de Handebol

Goleiros: César Almeida "Bombom" (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha), Maik Santos (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP) e Rangel Rosa (ACE/Univali/FMEBC-SC). 

Armadores: Fernando Pacheco "Zeba" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Gustavo Rodrigues (EC PInheiros-SP), Haniel Langaro (EC Pinheiros-SP), Leonardo  Santos "Léo" (EC PInheiros-SP), Oswaldo Guimarães (BM Villa de Aranda-Espanha), Raul Nantes (Tremblay em France Handball-França), Thiago Ponciano (Unimed/UEM/Maringá-SP) e Thiagus Petrus (Nathurhouse La Rioja-Espanha). 

Centrais: Acácio Moreira Filho (Metodista/São Bernardo/Besni-SP), Bruno Santana (EC Pinheiros-SP), Diogo Hubner (Metodista/São Bernardo/Besni-SP), Henrique Teixeira (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP) e João Pedro da Silva (Ademar León-Espanha).

Pontas: André Soares "Alemão" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Cléber Andrade (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP), Fábio Chiuffa (Asociación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha), Felipe Borges (Montpellier Agglomeratión-França), Lucas Cândido (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP) e Rudolph Hackbarth (ADI/Slice/FMEL/Itajaí-SC).

Pivôs: Alexandro Pozzer "Tchê" (Asosiación Deportiva Ciudad de Guadalajara-Espanha), Rogério Ferreira (Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB-RJ) e Vinícius Teixeira "Vini" (TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté-SP).

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol