CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Pinheiros (SP) vence Taubaté (SP) e fatura o título da Liga Nacional Masculina

Equipe da capital paulista dominou os adversários durante toda a partida e conquistou o sexto título da competição

Pinheiros (SP) conquistou o título da Liga Nacional

Taubaté (SP) - O Pinheiros (SP) é o grande campeão da Liga Nacional Masculina de Handebol. A equipe da capital paulista venceu o TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté (SP) por 28 a 20 (11 a 9 no primeiro tempo), na tarde deste domingo (13), no Centro Educacional Municipal Terapêutico Especializado (CEMTE) Madre Cecília, em Taubaté (SP), e faturou o sexto título da história.

Com o técnico da Seleção Masculina, o espanhol Jordi Ribera, nas arquibancadas, a partida que prometia ser equilibrada começou com grande superioridade do Pinheiros (SP). Logo aos sete minutos, o clube abriu 4 a 0 no placar, com o inspirado goleiro Marcão fechando o gol. No decorrer do período, o Taubaté (SP) equilibrou as ações, mas, mesmo fora de casa, o Pinheiros (SP) não se intimidou com a torcida e fechou a primeira etapa em 11 a 9, com destaque para os potentes arremessos do armador esquerdo Haniel Langaro, artilheiro do jogo com nove gols.

Na segunda etapa, o time da capital paulista voltou arrasador e abriu oito gols de vantagem nos primeiros nove minutos. Com a boa diferença criada no placar, o Pinheiros (SP) apenas administrou, ainda contando com o ótimo desempenho de Marcão, Haniel e do ponta direita Wesley Freitas, goleador da Liga Nacional, somando 81 gols. Com o jogo na mão, o Pinheiros (SP) fechou o marcador em 28 a 20 e conquistou o sexto título do clube na história da Liga Nacional.

Para o técnico da equipe da capital paulista, Sérgio Hortelan, a defesa forte foi o principal ponto do time na final. "Sabíamos que para ganhar do Taubaté tínhamos que jogar muito, mas muito bem, e foi isso o que aconteceu. A construção do jogo foi o ponto chave. Entramos bem na defesa e mantivemos o ritmo até o final. Só tenho que parabenizar todos esses meninos", afirmou.

Já o goleiro Marcão, do Pinheiros (SP), exaltou o trabalho realizado pelo treinador. "Passamos um processo de reformulação no começo do ano e durante o primeiro semestre tivemos paciência para acertar o time e corrigir os erros. Hoje conseguimos impor o nosso ritmo e foi assim até o final do jogo. O maior mérito está no trabalho do professor Sérgio Hortelan, que teve paciência com o grupo e trabalhou bastante para colocar a equipe neste nível", disse.

Treinador do Taubaté (SP), Marcus Tatá também reconheceu a boa atuação do adversário e parabenizou a equipe. "O Pinheiros jogou no padrão deles, mas nós tivemos uma atuação muito abaixo. A equipe deles estava muito bem articulada e mereceu a vitória. Acredito que quando tivemos chances de empatar, ou paramos no Marcão, ou em um erro nosso, mas nada disso tira o mérito do Pinheiros", analisou.

Terceiro lugar - Na disputa pelo terceiro lugar da Liga Nacional, a PM Maringá/Unimed/UEM/Unifamma (PR) foi até o Complexo Esportivo da Unoesc, em Joaçaba (SC), para enfrentar a ADI/Slice/APM Terminals/Itajaí (SC), e conquistou grande vitória. Os paranaenses venceram os catarinenses por 34 a 24 (16 a 9 no primeiro tempo), com destaque para Pedro Martins, do Maringá (PR), artilheiro da partida com oito gols, e ficaram com a terceira colocação do campeonato.

Finais da Liga Nacional Masculina

Final
TCC/Unitau/Fecomerciários/Taubaté (SP) 20 x 28 Pinheiros (SP)

Terceiro lugar
ADI/Slice/APM Terminals/Itajaí (SC) 24 x 34 PM Maringá/Unimed/UEM/Unifamma (PR)

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol