CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Próximos da estreia do Mundial Júnior, atletas mostram foco e dedicação nos treinos

Seleção treina até domingo (16), em Taubaté (SP) e, de lá, viaja para a Argélia

Leonardo Abrahão, capitão da equipe

Da redação, Santo André (SP) - Na próxima terça-feira (18), o Brasil estreia no Mundial Júnior Masculino de Handebol cheio de boas expectativas. Com uma geração promissora, a Seleção vai à Argélia com o objetivo de melhorar a participação brasileira no campeonato, que foi o sexto lugar em 2013 - a melhor de uma equipe masculina em Mundiais. A equipe treina até domingo (16) em Taubaté (SP) e, então, embarca para Argel. A capital do país africano receberá os jogos dos quatro grupos, que juntos reúnem 24 países.

Animados, os jovens atletas projetam uma participação bastante positiva para o Brasil, que faz parte da Chave C, junto com Burkina Faso, Espanha, Macedônia, Rússia e Tunísia. O primeiro confronto do País será na terça-feira, às 6h (horário de Brasília), contra os espanhóis.

"Nossa expectativa é jogar o mais forte possível e garantir todas as vitórias no grupo. O time mais difícil da chave é a Espanha. É o último campeão europeu e eles têm um trabalho muito bom", destacou o capitão do time, Leonardo Abrahão. "O Jordi (Ribera), que era técnico do Brasil, está lá e conhece bem a nossa equipe. É o primeiro jogo da fase, mas vamos tentar imprimir nosso ritmo para estar o melhor possível", acrescentou.

O central acredita que o fato de a equipe jogar junto há um bom tempo pode contribuir significativamente. "Vamos tentar equilibrar todas as partidas. A nossa defesa é nosso ponto alto. Nosso grupo já se conhece bastante. Há dois anos que treinamos juntos, e muitos têm contato nos clubes também. Esperamos chegar o mais longe possível e ter uma boa performance no campeonato."

O técnico do Brasil na competição é Helio Lisboa Justino. Ele conta que esses dias em Taubaté (SP) têm sido fundamentais para retomar o trabalho que já vinha sendo feito com o grupo. "Tentamos relembrar algumas coisas durante os treinos que já tivemos, principalmente sobre a defesa 5:1, que é nosso ponto forte. A ideia é defender bem e sair bem nos contra-ataques. Essa é a proposta da nossa defesa", descreveu Helinho, que por muito tempo vestiu a camisa verde e amarela em quadra, defendendo a Seleção.

Todas as atividades estão sendo acompanhadas pelo coordenador nacional de seleções, Washington Nunes, que elogiou a disposição do grupo. "O trabalho com a equipe Júnior continua intenso. Hoje, o foco principal foi treinar como atacar uma defesa 5:1, que provavelmente será utilizada pela Espanha, além de ajustes de transição. O engajamento e o nível de concentração dos meninos está muito alto. Vimos vídeo da Espanha, fizemos a preparação de jogo e treinamentos pensando nesse confronto. A partir de amanhã, começamos a pensar também nos outros adversários. A preparação está intensa e o ritmo também está muito bom", encerrou.

No grupo A do Mundial estão Alemanha, Chile, Coreia do Sul, Hungria, Ilhas Faroé e Noruega. Na chave B estão Dinamarca, Egito, Eslovênia, França, Qatar e Suécia; e Argélia, Argentina, Croácia, Islândia, Kazaquistão e Marrocos compõe o grupo D.

Programação - grupo C
*Horário de Brasília

Terça-feira (18)
6h - Espanha X Brasil
8h - Tunísia X Burkina Faso
10h - Macedônia X Rússia

Quinta-feira (20)
12h - Brasil X Tunísia 
14h - Rússia X Espanha 
16h - Macedônia X Burkina Faso

Sexta-feira (21)
10h - Brasil X Rússia 
12h - Espanha X Burkina Faso
14h - Tunísia X Macedônia

Domingo (23)
12h - Tunísia X Rússia 
14h - Macedônia X Espanha 
16h - Burkina Faso X Brasil

Segunda-feira (24)
10h - Espanha X Tunísia 
12h - Burkina Faso X Rússia
14h - Macedônia X Brasil

Quarta-feira (26)
Oitavas de final

Quinta-feira (27)
Quartas de final

Sábado (29)
Semifinais

Domingo (30)
Finais

Seleção Brasileira Júnior Masculina

Goleiros - Marcos Vinícios Colodeti (São Bernardo/ADC Metodista-SP) e Rangel Luan da Rosa (HC Odorhei-Romênia)

Armadores - André Gonçalves de Lima Amorim (BM Villa de Aranda-Espanha), Gabriel Ceretta Jung (F.C. Barcelona-Espanha), Guilherme Leonel Costa da Silva (E.C. Pinheiros-SP), João Guilherme Perbelini Ribeiro (E.C. Pinheiros-SP), Leonardo Dutra Ferreira (E.C. Pinheiros-SP) e Patrick André Toniazzo Lemos (Futebol Clube do Porto-Portugal).

Centrais - Henrique José Petter Solenta (BM Villa de Aranda-Espanha) e Leonardo Abrahão Silveira (EC Pinheiros-SP)

Pontas - Marcos Vinícius Vieira dos Santos (Sport Club do Recife/J-PE), Pedro Paulo Alves Umbelina Júnior (MRV Unicesumar Londrina-PR), Cauê Ceccon Baptista (E.C. Pinheiros-SP) e Guilherme Miguel Laranjeiro Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP).

Pivôs - Edney Silva Oliveira (P.M. Maringá/Unimed/Unifamma-PR); Márcio Alan da Silva Maildo (CS Chenois Geneve Handball-Suíça)

Comissão técnica

Técnico: Hélio Lisboa Justino
Auxiliar técnico: Joel Teixeira Dutra
Treinador de goleiro: Diogo Castro
Fisioterapeuta: Gustavo Pereira Barbosa
Supervisora: Cláudia Pereira Sampaio Mota
Coordenador nacional de seleções: Washington Nunes

Patrocinador Oficial

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Bola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

GA Negócios do Esporte

Criação de sites PWI