CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Brasil não passa pela Rússia no Mundial Júnior

Seleção ainda tem mais dois jogos na etapa classificatória

Brasil ainda tem mais dois jogos na fase classificatória

Da redação, Santo André (SP) - O Brasil disputou, nesta sexta-feira (21), a terceira partida no Mundial Júnior Masculino de Handebol. Os adversários da vez foram os russos, que impuseram um jogo duríssimo e acabaram por fechar o placar na frente: 23 a 20 (11 a 10 no primeiro tempo). Mesmo com o resultado adverso, os brasileiros seguem na briga por uma vaga nas oitavas de final do campeonato disputado na Argélia.

A equipe brasileira mostrou mais uma vez uma forte defesa, que conseguiu parar alguns ataques dos adversários durante o jogo. No entanto, a Rússia também criou um grande paredão, dificultando as ações de contra-ataque da equipe verde e amarela. Ainda com algumas pequenas falhas do Brasil na finalização para o gol, o jogo foi definido sempre nos detalhes e gol a gol até o final.

Apesar da diferença no marcador não ter sido tão grande, o técnico do Brasil, Helio Lisboa Justino, o Helinho, não ficou muito satisfeito pelo fato do time não ter conseguido converter os ataques em gols. "Hoje, a equipe não jogou muito bem. Defensivamente, cometemos mais erros do que no primeiro jogo. Conseguimos roubar mais bolas do que em outros jogos e barrar um pouco o forte ataque da Rússia, mas, em compensação, não conseguimos transformar isso em gol", frisou.

O treinador disse que o time não conseguiu colocar em prática o que havia sido planejado. "Eu tinha dito que precisávamos defender muito bem e contra-atacar para podermos fazer gols mais fáceis. Sabíamos que a defesa da Rússia era bem postada e grande. Tivemos dificuldade em fazer chute de fora, então, partimos para um jogo mais de um contra um e não deu certo. A defesa da Rússia estava tendo certa vantagem em relação a isso. No primeiro tempo, a tônica foi mais ou menos essa. No intervalo, voltamos um pouco desconcentrados, principalmente com relação às questões de ataque que eram nosso objetivo."

No domingo (23), às 16h, o Brasil enfrenta Burkina Faso. O time estreante em mundial de qualquer categoria do handebol fez três jogos, mas foi derrotado por Tunísia, Macedônia e Espanha. Com isso, ocupa a última posição da chave C. Os brasileiros, por enquanto, passaram a ocupar o quinto lugar. "Precisamos vencer nossos próximos dois adversários que são Burkina Faso e Macedônia para podermos sair em segundo do grupo."

Gols do Brasil - Patrick (6), Leonardo Abrahão (3), Edney (2), André (2), Marcio (2), Guilherme Torriani (2), Cauê (1), Pedro (1) e Marcos (1). Gols da Rússia: Santalov (4), Maslennikov (4), Ermakov (3), Fokin (3), Sinitcyn (2), Vinogradov (2), Dashko (2), Ukhvarkin (1), Mikhalin (1) e Furtsev (1).

Programação - grupo C
*Horário de Brasília

Terça-feira (18)
Espanha 29 x 21 Brasil
Tunísia 50 x 17 Burkina Faso
Macedônia 29 x 22 Rússia

Quinta-feira (20)
Brasil 36 x 29 Tunísia 
Rússia 26 x 31 Espanha 
Macedônia 48 x 20 Burkina Faso

Sexta-feira (21)
Brasil 20 x 23 Rússia 
Espanha 38 X 12 Burkina Faso
14h - Tunísia X Macedônia

Domingo (23)
12h - Tunísia X Rússia 
14h - Macedônia X Espanha 
16h - Burkina Faso X Brasil

Segunda-feira (24)
10h - Espanha X Tunísia 
12h - Burkina Faso X Rússia
14h - Macedônia X Brasil

Quarta-feira (26)
Oitavas de final

Quinta-feira (27)
Quartas de final

Sábado (29)
Semifinais

Domingo (30)
Finais

Brasileira Júnior Masculina
Goleiros - Marcos Vinícios Colodeti (São Bernardo/ADC Metodista-SP) e Rangel Luan da Rosa (HC Odorhei-Romênia)

Armadores - André Gonçalves de Lima Amorim (BM Villa de Aranda-Espanha), Gabriel Ceretta Jung (F.C. Barcelona-Espanha), Guilherme Leonel Costa da Silva (E.C. Pinheiros-SP), João Guilherme Perbelini Ribeiro (E.C. Pinheiros-SP), Leonardo Dutra Ferreira (E.C. Pinheiros-SP) e Patrick André Toniazzo Lemos (Futebol Clube do Porto-Portugal).

Centrais - Henrique José Petter Solenta (BM Villa de Aranda-Espanha) e Leonardo Abrahão Silveira (EC Pinheiros-SP)

Pontas - Marcos Vinícius Vieira dos Santos (Sport Club do Recife/J-PE), Pedro Paulo Alves Umbelina Júnior (MRV Unicesumar Londrina-PR), Cauê Ceccon Baptista (E.C. Pinheiros-SP) e Guilherme Miguel Laranjeiro Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP).

Pivôs - Edney Silva Oliveira (P.M. Maringá/Unimed/Unifamma-PR); Márcio Alan da Silva Maildo (CS Chenois Geneve Handball-Suíça)
Comissão técnica
Técnico: Hélio Lisboa Justino
Auxiliar técnico: Joel Teixeira Dutra
Treinador de goleiro: Diogo Castro
Fisioterapeuta: Gustavo Pereira Barbosa
Supervisora: Cláudia Pereira Sampaio Mota
Coordenador nacional de seleções: Washington Nunes

Patrocinador Oficial

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Bola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

GA Negócios do Esporte

Criação de sites PWI