CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Brasil vence Burkina Faso no Mundial Júnior Masculino

Seleção ainda tem um jogo pela fase de grupos do torneio

Brasil venceu Burkina Faso

Da redação, Santo André (SP) - A Seleção Júnior Masculina de Handebol venceu Burkina Faso, neste domingo (23), por 37 a 17 (17 a 8 no primeiro tempo) no Campeonato Mundial da categoria, disputado na Argélia. O confronto foi válido pelo grupo C da competição. 

O Brasil tomou conta do jogo desde o início e foi para o intervalo com nove gols de diferença no placar. Já no segundo tempo, a Seleção aumentou a vantagem no marcador e não teve grandes problemas para ficar com a vitória.

Depois de ser superada pela Espanha na estreia por 29 a 21, a equipe brasileira se recuperou e venceu a Tunísia (36 a 29) no jogo seguinte, mas foi surpreendida pela Rússia (23 a 20) na última sexta-feira. Agora, conquista sua segunda vitória na competição.

Enquanto Burkina Faso, que disputa um Mundial da modalidade pela primeira vez, ainda não conheceu o primeiro triunfo no torneio. A seleção africana estreou com derrota contra a Tunísia e depois também perdeu para Macedônia (48 a 20) e Espanha (38 a 12) antes de enfrentar o Brasil.

“No jogo contra Burkina Faso, a gente precisava acertar algumas coisas, principalmente na parte defensiva. Não jogamos muito bem o primeiro tempo, cometemos alguns erros, levamos alguns gols que não deveríamos ter tomado. No intervalo do jogo, eu pedi um pouco mais de concentração, principalmente na parte defensiva e aí a gente conseguiu defender bem melhor e contra-atacar. Então, deu uma diferença bem melhor no placar”, disse o técnico Helio Lisboa Justino, o Helinho.

O Brasil tem quatro pontos e ocupa a quarta colocação do grupo C, contra nenhum ponto de Burkina Faso, que está em sexto. Com a vitória, a Seleção mantém vivo o objetivo de se classificar para as oitavas de final da competição. Na segunda-feira (24), a equipe brasileira faz o último jogo na fase de grupos e enfrenta a Macedônia, às 14h.

“O jogo de amanhã, contra a Macedônia, será bastante difícil. Nossa possibilidade é de vencer ou vencer. Se a gente perder o jogo, vamos ficar em quinto e, vencendo, a gente passa em segundo no grupo. Foi um grupo bastante equilibrado, e a equipe da Macedônia é bastante forte. Temos que tomar bastante cuidado com o lateral e com o central, que são jogadores que definem o jogo", afirmou Helinho.

"Se a gente conseguir defender bem, tenho certeza que vamos conseguir sair com o resultado positivo. Vai depender também muito da cabeça da molecada. Eles já estão com a cabeça bastante focada e concentrada e acredito que amanhã vamos conseguir a classificação”, concluiu. 

Gols do Brasil: Guilherme Torriani (10), Cauê (5), Henrique Petter (4), Guilherme da Silva (4), João Guilherme (4), Edney (3), Márcio (2), Patrick (2), Pedro Paulo (2) e André Amorim (1). Gols de Burkina Faso: Tiendrebeogo (11), Ouedraogo (2), Sawadogo (2), Nadziga (1) e Poda (1).

Programação - grupo C 
*Horário de Brasília 

Terça-feira (18)
Espanha 29 x 21 Brasil
Tunísia 50 x 17 Burkina Faso
Macedônia 29 x 22 Rússia 

Quinta-feira (20)
Brasil 36 x 29 Tunísia 
Espanha 31 x 26 Rússia
Macedônia 48 x 20 Burkina Faso 

Sexta-feira (21)
Rússia 23 x 20 Brasil
Espanha 38 X 12 Burkina Faso
Tunísia 32 X 27 Macedônia 

Domingo (23)
Tunísia 29 X 29 Rússia 
Espanha 36 X 25 Macedônia
Brasil 37 X 17 Burkina Faso 

Segunda-feira (24)
10h - Espanha X Tunísia 
12h - Burkina Faso X Rússia
14h - Macedônia X Brasil 

Quarta-feira (26)
Oitavas de final 

Quinta-feira (27)
Quartas de final 

Sábado (29)
Semifinais 

Domingo (30)
Finais 

Seleção Brasileira Júnior Masculina

Goleiros - Marcos Vinícios Colodeti (São Bernardo/ADC Metodista-SP) e Rangel Luan da Rosa (HC Odorhei-Romênia)

Armadores - André Gonçalves de Lima Amorim (BM Villa de Aranda-Espanha), Gabriel Ceretta Jung (F.C. Barcelona-Espanha), Guilherme Leonel Costa da Silva (E.C. Pinheiros-SP), João Guilherme Perbelini Ribeiro (E.C. Pinheiros-SP), Leonardo Dutra Ferreira (E.C. Pinheiros-SP) e Patrick André Toniazzo Lemos (Futebol Clube do Porto-Portugal).

Centrais - Henrique José Petter Solenta (BM Villa de Aranda-Espanha) e Leonardo Abrahão Silveira (EC Pinheiros-SP)

Pontas - Marcos Vinícius Vieira dos Santos (Sport Club do Recife/J-PE), Pedro Paulo Alves Umbelina Júnior (MRV Unicesumar Londrina-PR), Cauê Ceccon Baptista (E.C. Pinheiros-SP) e Guilherme Miguel Laranjeiro Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP).

Pivôs - Edney Silva Oliveira (P.M. Maringá/Unimed/Unifamma-PR); Márcio Alan da Silva Maildo (CS Chenois Geneve Handball-Suíça)

Comissão técnica

Técnico: Hélio Lisboa Justino
Auxiliar técnico: Joel Teixeira Dutra
Treinador de goleiro: Diogo Castro
Fisioterapeuta: Gustavo Pereira Barbosa
Supervisora: Cláudia Pereira Sampaio Mota
Coordenador nacional de seleções: Washington Nunes

Patrocinador Oficial

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Bola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol