CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Com novidades, Seleção Masculina disputa Quatro Nações em outubro

Vinte e dois atletas participarão dos treinamentos e do torneio; trabalho objetiva os compromissos do ciclo, principalmente a busca da vaga olímpica

José Guilherme Toledo, armador

Da redação, Santo André (SP) - A Seleção Masculina de Handebol foi convocada para a uma etapa de treinamento e a disputa do Torneio Quatro Nações. Os 22 atletas selecionados irão se apresentar no dia 23 de outubro e permanecem até o dia 30 em São Bernardo do Campo (SP) sob o comando do técnico Washington Nunes.

A etapa será uma espécie de recomeço para os próximos objetivos do Brasil. Como disputou o Mundial em janeiro, na França, pouco tempo depois dos Jogos Olímpicos do Rio, a equipe pode agora focar totalmente nos compromissos do novo ciclo, a começar pelos Jogos Pan-Americanos de 2019, principal meta da Seleção, já que o campeonato é classificatório para Tóquio 2020.

Por isso, o treinador resolveu testar novamente alguns atletas que haviam ficado de fora das fases anteriores por diferentes razões, como os goleiros Ferrugem e João Victor, o armador Gustavo Rodrigues, o central Acácio, e os pontas Alemão, Felipe Borges, Arthur Peão e Rudolph.

"Nossa ideia é poder olhar todo mundo em nível de treinamento e competição com esse torneio. É importante também observarmos os confrontos com nossos adversários sul-americanos e pan-americanos. Sabemos que Chile e a Argentina estão em uma crescente no trabalho que têm feito. Temos que estar atentos porque queremos conquistar a vaga para as Olimpíadas de Tóquio. Por isso, os Jogos Pan-Americanos, que iremos disputar em 2019, passam a ser o marco mais importante de todo este ciclo", contou Washington.

Ele explica a convocação com uma formação um pouco diferente das anteriores, apesar de manter a mesma base. "Com relação ao grupo de jogadores, temos, no gol, por exemplo, o Ferrugem (Leonardo Tercariol), que fez uma temporada muito boa e merecia voltar para darmos uma olhada nele, e o João, que foi muito bem no ano passado e que queremos resgatá-lo para ver se ele mantém esse nível agora que está jogando fora do País. A ponta esquerda foi o posto que mais convocamos, com quatro jogadores, sendo que o retorno do Borges é interessante para sabermos como ele está. O Alemão também ficou fora do Mundial por uma lesão nas costas e retorna. O Cleryston teve uma participação boa no Mundial, e o Peão fez um bom Super Globe, tem feito uma temporada muito boa e merece estar aqui para ser observado."

"Na lateral, com Thiagus, Ponciano e Haniel, mantivemos a formação que foi ao Mundial. O Thiagus havia se lesionado, então vamos observar como os três estão no trabalho geral. No centro, temos o retorno do Acácio, que participou da Seleção Adulta no Quatro Nações na Paraíba, foi para a Europa, mas teve um quadro de lesões que o manteve afastado da Seleção. Agora, ele está bem e voltou a fazer uma temporada boa. Na lateral direita, mantivemos o Oswaldo e o Zé e temos a entrada do Gustavo, que tinha feito um Mundial Júnior muito bom e depois mapeamos a evolução dele e merece voltar com a Seleção Adulta. Na ponta direita, mantivemos o Fábio e o Lucas e entrou o Rudolph, que terminou o ano com uma temporada ótima. Para encerrar os pivôs, o Tchê continua, e teremos também Rogério e Panda (Felipe Santaela), que esperamos que possam dar um salto de qualidade porque são jogadores interessantíssimos e com porte físico muito avantajado, que podem nos ajudar muito em longo prazo", completou o técnico.

Washington lembra que esse recomeço é muito importante para os planos da equipe. "A expectativa é de um bom trabalho e bom início de preparação, visando, evidentemente, aos Jogos Pan-Americanos, em busca da vaga olímpica", encerrou.

Seleção Masculina de Handebol

Goleiros - César Almeida (BM Granollers-Espanha), João Victor Perez Feliciano (1955 Batman Belediyespor-Turquia) e Leonardo Terçariol (JS Cherbourg Manche HB-França).

Armadores - Gustavo Rodrigues (US Créteil Handball-França), Haniel Langaro (Dunkerque Handball Grand Littoral-França), José Guilherme de Toledo (Wisla Plock-Polônia), Oswaldo Maestro Guimarães (Helvetia Anaitasuna-Espanha), Thiago Ponciano (BM Ciudad Encantada-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Pick Szeged-Hungria).

Centrais - Acácio Marques Moreira Filho (BM Ademar León-Espanha), Henrique Teixeira (BM Bada Huesca-Espanha) e João Pedro Silva (Sport Lisboa e Benfica-Portugal).

Pontas - André Martins Soares (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Arthur Flosi Alexandre Peão (EC Pinheiros-SP), Cleryston Novais (Aziziye Belediyese Termalspor-Turquia), Fábio Chiuffa (BM Logroño-Espanha), Felipe Borges (Sporting Clube de Portugal), Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha) e Rudolph Hackbarth (EC Pinheiros-SP).

Pivôs - Alexandro Pozzer (Dunkerque Handball Grand Littoral-França), Felipe Santaela (FC Porto-Portugal) e Rogério Moraes (HC Vardar-Macedônia).

Patrocinador Oficial

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Bola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol